MUNICÍPIOS

GRUPIARA

Prefeito: Ronaldo Jose Machado
Vice-Prefeito: Paulo Sergio
brasao grupiara
Vereadores:
Nivaldo Zuete
Bilica
Rogerio
Neiton
Fabricio
Larissa do Celio
Cilesia
Matheus
Ronia
População [2016]
1.417 habitantes
Área
193,141 km²
Fundada em
1962
Gentílico
Grupiarense
Fonte: IBGE

História

Pelo que se tem notícia, os primeiros habitantes foram aventureiros garimpeiros, porém sem saber com exatidão suas origens e procedências, outros dizem que vierem que vieram da Vila da Santa Rita da Estrela (Estrela do Sul/MG), do Estado de Goías de de outras regiões não mencionadas e se instalaram em precárias moradias de pau-a-pique, cobertas de folhas de babaçu, nas margens do Rio Bagagem. Também se fala num representante político Major Afonso Augusto Batista e num valente e perigoso gangaceiro conhecido por Índio Afonso e seus filhos que eram respeitados por todos. Índio Afonso foi assassinado por uma emboscada dos Machados, família que aqui residia. O Município foi ocupado por garimpeiros que vinham em busca da sonhada pedra, o diamante. Em data de 12 de outubro de 1908, foi doado ao glorioso Mártir São Sebastião dos Troncos, uma parte de terras de culturas e de campos que a finada Rita Antonia de Jesus possuía na fazenda Troncos com o valor de 50 mil réis, a qual foi cedido para o patrimônio com a condição de este ser administrado pela municipalidade competindo esta conceder datas para o aumento da povoação, não podendo exceder de 40 metros de frente com igual de fundos e que seriam concedidas gratuitamente, pois o intento é ceder arranchação à pobreza. E por se esta a nossa vontade mandamos passar o presente o qual assinamos. Fazenda Troncos 12 de outubro de 1908 (datas quer dizer terrenos ou lotes). Sendo doadores: Domingos Antonio Rodrigues, Terêncio Antonio Rodrigues e Jesuíno Pinto Gonçalves, Alberto Antonio Rodrigues, Manoel Rodrigues e Urselina Maria de Jesus. Documento transcrito no Cartório de 1º Ofício de Estrela do Sul, conforme certidão extraída em data de 11 de setembro de 1968. O lugar era conhecido por São Sebastião dos Troncos, ou simplesmente Troncos. O nome Troncos originou-se de prisões de madeira para castigo de escravos, que intitulava Troncos, São Sebastião em homenagem ao padroeiro. Com esforço do Magor Afonso Augusto Batista houve a criação do Distrito, com a Lei nº 843 de 07 de setembro de 1923 com o nome de GRUPIARA. Grupiara é originado de garimpos diamantinos que eram abundantes no município.

Grupiara é cascalho brotado no solo, onde facilita o trabalho dos garimpeiros.